sexta-feira, 11 de setembro de 2009

A MINHA META






*Escrito após a minha participação na edição
de 2008 dos 20 Quilómetros de Almeirim
*


Independentemente de ser o primeiro ou último, de ter batido o recorde do mundo ou um modesto recorde pessoal.
De ser um atleta olímpico ou um modesto “coxo” de fim de pelotão.
De ter corrido muito bem ou muito mal.
Independentemente de tudo a corrida é uma festa em que cada um pode ser um vencedor.
Lá estive nos 20 quilómetros de Almeirim que este ano foram uma meia maratona (21 quilómetros).
Não foi nada fácil, foi um daqueles dias bem no “osso” mas não é isso que me tirou o prazer e a alegria da chegada.
E que melhor medalha do que correr para os braços e os mimos da minha mulher?
É por ti que corro Augusta. És a minha meta a melhor meta que o corredor de fundo pode alcançar. Obrigada querida!

3 comentários:

  1. Excelente mensagem que nos faz recordar o que é realmente importante!

    ResponderEliminar
  2. O importante é mesmo participar. Faz bem ao corpo e à alma! Inté

    ResponderEliminar